domingo 24 de setembro de 2017

US$ vale R$ hoje

O dólar hoje

A moeda dólar (USD) é a moeda oficial dos Estados Unidos e também é a moeda mais utilizada em transações em todo o mundo. O preço do dólar americano no Brasil vai ser determinado pelas condições do mercado do câmbio atual.

É bom saber que o dólar não só é utilizado pelos Estados Unidos, alguns outros países que também utilziam o dólar amaericano, são: Micronésia, Equador ,Panamá, Timor-Leste, El Salvador, Puerto Rico, Ilhas Virgens Britânicas, , Ilhas Marshall, Palau, Turks e Caicos e Zimbábue.

Cotação dolar

Aquí em nosso website, você acha o preço do dólar no Brasil sempre atualizado. Usando nosso conversor de moedas de dólares americanos a reais e viceversa, você poderá converter de dólar a real e de real a dólar americano.

Desde 2002, o valor do dólar não subia tanto no Brasil. Em setembro de 2015, a moeda norte-americana chegou a bater R$ 3,95, alcançando uma valorização surpreendente de 46% e assustando quem planejava fazer uma viagem ou apenas comprar um produto importado. Para quem trabalha com exportação e vende sua mercadoria em dólar, o aumento nunca foi tão comemorado. Mas, o que faz a cotação do dólar hoje subir ou cair?

Vários fatores podem determinar a valorização ou queda da moeda norte-americana em relação ao real. Atualmente, a principal razão da variação é a relação entre oferta e demanda. Basta pensar que o dólar é uma mercadoria como qualquer outra que você pode comprar e vender. Se tem muita gente comprando essa mercadoria e sobra pouco dela no mercado, ela fica mais cara. Da mesma maneira que, se há muito dólar e poucos compradores, a tendência é a queda do preço.

Mas, no caso do dólar hoje, o que faz a oferta ou a demanda da moeda diminuir? Uma maior quantidade de dólares precisa entrar no país para aumentar a oferta. Isso pode acontecer através de algumas maneiras: exportações, turismo ou investimento internacional.

A primeira opção é mais simples e fácil de entender. Você vende o seu produto ou serviço para o exterior e recebe em dólar. Assim, a moeda norte-americana está entrando no país. Imagine isso em alta escala, em milhares de empresas que trabalham com exportação. Quanto mais elas vendem para o exterior, maior a oferta de dólar por aqui e, portanto, a cotação da moeda diminui.

Outra maneira da entrada de dólares no país é através da chegada de turistas que vêm até o Brasil e gastam o dinheiro deles por aqui. Grande eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016 atraem uma enorme quantidade de turistas, o que ajuda a trazer a moeda norte-americana para o Brasil. Com mais dólares em circulação, aumenta a oferta interna e, como consequência, temos a baixa do dólar.

Por fim, e não menos importante, há também os investidores estrangeiros que apostam no país como potencial de investimento e colocam dólares no Brasil. Ao injetar a moeda norte-americana na nossa economia com o objetivo de obter um retorno maior depois de certo prazo, eles aumentam a oferta do dolar hoje aqui dentro, causando a queda da cotação.

Mas, e se esses investidores não acreditarem que o país tem potencial para dar retorno a curto, médio ou longo prazo? Aí eles procuram outros mercados (leia-se outros países) para colocar o dinheiro deles. É isso o que tem acontecido no Brasil atualmente. Com a baixa perspectiva de crescimento da economia, o investidor estrangeiro parou de confiar no país e as “verdinhas” pararam de chegar até rarear no mercado e se valorizar diante do real.

Dólar comercial x dólar turismo

Ao entrar em uma casa de câmbio para comprar dólares para aquela sonhada viagem, você já deve ter se perguntado: por que o dólar está R$ 4,40 aqui, se na televisão eu vi que ele chegou a R$ 3,95? Isso acontece porque há duas variações da moeda norte-americana: o dólar comercial e o dólar turismo.

O dólar comercial é o preço da moeda usado pelas empresas e bancos para as outras transações realizadas no mercado de câmbio, como exportação, importação, transferências financeiras etc. Já o dólar turismo é o preço da moeda comprada (nas casas de câmbio e em bancos) para viagens internacionais, geralmente em espécie. É esse câmbio também que os consumidores pagam quando compram algo no exterior.

Então, se você conferir a tabela de cotações do dólar comercial e turismo, vai notar que há uma diferença entre as duas. Atualmente, o dólar comercial está em R$ 3,95 e o dólar turismo em R$ 4,17. O dólar de turismo é um pouco mais caro porque é dinheiro na mão, na hora. Tem uma liquidez maior.

Mas, por que as agências de câmbio estão vendendo a R$ 3,40? Isso acontece porque o preço do dolar leva em consideração os custos administrativos e financeiros. Sabe aquela taxa administrativa que vem no seu extrato e sempre pega você de surpresa? É quase isso, mas nesse caso, o preço é embutido diretamente na moeda.

Todas as informações do preço do hoje dolar, é fornecido pelo Google e Citibank.